Web
Analytics

The Best Resource For Mixed Martial Arts MMA

Junior Cigano Dos Santos post via instagram Friday, October 31, 2014 -mma picture

607 0

1414814016-10784882_1541832012721048_769785361_n.jpg

instagram:
junior_cigano – Obrigado! #Repost @pregadorluo “Uma breve história de motivação” Essa foto é do meu amigo @ednaldolula lutador de MMA. Algumas pessoas tem a ilusão de que lutadores são homens durões que não sofrem ou sentem dores, medo, fraquejam ou simplesmente, quebram. Porém, mesmo diante de todos esses riscos, lutadores de verdade continuam perseguindo seus objetivos, mesmo quando dói, mesmo quando se quebram. Meu amigo da foto era um lutador do UFC, estava vindo de bons combates e seu futuro era promissor (e ainda é). Mas ele acabou sofrendo alguns contra-tempos, aos quais todos que vivem estão sujeitos, ainda mais os que lutam. Primeiro ele sofreu uma lesão no braço que retardou algumas lutas, quando finalmente ele estava pronto para voltar e retornar ao UFC em uma luta importante que faria na Austrália, fraturou o braço um dia antes de embarcar para esse desafio. Na mesma tarde em que fraturou o braço, seu pai também faleceu. Infelizmente ele acabou perdendo o contrato com UFC e além de ver seu sonho adiado, viu também seu pai partir em uma fase dolorosa da vida. Sua cirurgia do braço não foi bem sucedida, o que o levou a passar por várias outras operações para concertar o erro do “profissional médico” que o operou. Recentemente, recuperado e confiante, durante um treino ele levou uma queda e além da placa que carrega no braço, ganhou outra enorme na clavícula que se partiu nesse “acidente de trabalho”. Infelizmente, mais uma vez, teve o desabor de ser operado por outro “profissional médico” que fez um trabalho insuficiente, consequência triste pra quem tem vida humilde e depende do atendimento médico oferecido pelo nosso governo aos brasileiros pobres que não podem pagar por algo digno. Paciência… e perseverança. Pois sim, perseverança pra enfrentar mais algumas cirurgias para concertar a clavícula também. Todas as vezes que o Lula compartilhou comigo suas dores e amarguras eu sempre dizia a ele pra ter fé, mas na verdade era ele que estava me ensinando sobre ter fé e sobre seguir em frente, aconteça o que acontecer. Numa de nossas conversas eu disse a ele: “Não sei do futuro, mas me parece que quando acontecem tantas coisas difíceis assim, a mensagem é clara;